Zarastruta – Essa Vai Lyrics

[Verso 1: Bigu]
Essa é pros amigos, pros irmãos, pros camaradas
Pros colegas das bongadas, pras santinhas
Pras safadas, pras marrentas, pras danadas
Pra família tudo é nada, nada é tudo
E quem tá comigo não tá mudo na parada
Essa vai pra quem fecha comigo na pior
E quando eu to na melhor, me aplica um só trinca…
Me faz lembrar que eu não to só
Traz 2 “tchela” e uma “trava” pra ficar melhor ainda
E essa vai, pra quem se julga ser normal
Me acha esquisito e não bonito e tá normal
E não entende o raciocínio surreal
Fica bolado como os free saem de forma tão natural
E essa vai pros camaradas das antigas
Pros manos do condomínio, e pros primeiros becks da minha vida
Que a rapa esteja sempre unida
E não tem cash que pague os porres na avenida…
Guarapari for life, sem intriga!
E essa vai pra minha coroa…
Pros manos que separam briga e os que chegam de voadora
E essa vai pra “FDP” da diretora
Que me tirou de vagabundo do olho fundo e brisa boa…
E não é atoa que essa vai pra todo mundo
Pros vagabundos com poder pra dominar o mundo…
Pras “Paty” cheiradoras, e pros deputados imundos
Eu só tenho um sinal: dedo do meio!E eu não vou fugir do assunto
E essa vai, pra quem me incentivou
Peço bênção ao meu pai, pra Jah eu peço amor…
Que é pra chover e pra regar tudo o que ainda vou colher
E os manos de nepré tenho o prazer de não esquecer…
E essa vai pra quem reclama das calças caindo, ta achando ruim?
Me da um cinto, que eu recebo rindo
E essa vai pras “peita” G que nego tira de pijama
Pros caras mais largados e pras damas mais sacanas…

[Refrão]
E essa vai
Pra quem um dia não foi botar fé
Em 3 malucos caminhando a pé
Trocavam ideias sobre um mundo melhor qualquer
E se vier?
E essa vai
Pra quem um dia não foi botar fé
Em 3 malucos caminhando a pé
Trocavam ideias sobre um mundo melhor qualquer
E se vier?

[Verso 2: Madyone]
Só vai!
É os moleque que não endireita
Ta sempre lá e cá andando de cabeça feita
E lá vem o “Seu Polícia”, que não me respeita…
Diz que o cheiro não condiz e que a minha atitude é suspeita
E essa vai pros cobrador
Que nunca aceita dar um alivio na passagem e me fez pular a roleta
Essa também vai pro “motor” que não me entende
Não se conformou, seria bem mais fácil se abrisse a porta da frente…
E essa vai pros que cantam por amor
Quem tá com ZarastrutA não importa onde for…
As coisas mudam, foi Deus quem abençoou…
Mudaram pra melhor, e essa vai pra quem duvidou!
E essa vai pra quem hoje se fudeu
Amanhã é um outro dia e ele pode ser seu
Essa vai até pro amigo de um amigo meu
Que tomou chá de sumiço e até hoje não apareceu
E essa vai pra quem não sabe o que aconteceu
Na noite passada, pelo tanto que bebeu
Um salve pros camarada que fortaleceu
Te levaram até em casa e “cê” nem percebeu
E essa vai pra quem ainda espera um Brasil melhor…
Pro “Aecim” na neve e o “Pé Relano” o pó
Pro mano que roubou galinha e ta no “xilindró”
E pro político safado que não assina o B.O
E essa vai pros amigos de verdade
Que são como eu e desfrutam da liberdade
Pros que tão na função, nós tamo ai na atividade
Pros que chegam e saem sempre na humildade
Fiz esse Rap pra quem ta além da margem
Pra quem embarcou no som e também pegou viagem
Os que não colaram? É porque não tem coragem…
Não faz mal pra ninguém mais um pouco de malandragem…

[Refrão]
E essa vai
Pra quem um dia não foi botar fé
Em 3 malucos caminhando a pé
Trocavam ideias sobre um mundo melhor qualquer
E se vier?
E essa vai
Pra quem um dia não foi botar fé
Em 3 malucos caminhando a pé
Trocavam ideias sobre um mundo melhor qualquer
E se vier?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *